quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

"Um índio velho descrevia os seus conflitos interiores:
-Dentro de mim existem dois lobos.
O lobo do ódio e o lobo do amor.
Ambos disputam o poder sobre mim.
Alguém pergunta qual o lobo que vence.
O velho índio reflete e admite:
- O que eu alimento."

3 comentários:

  1. o problema reside no facto de, por vezes, alimentarmos o lobo errado, mesmo que sem saber :/

    ResponderEliminar
  2. Muito bom, acho que é do Paulo Coelho isto :)

    ResponderEliminar